quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

50º Dia Mundial da Paz



Mensagem do Papa Francisco para 50º Dia Mundial da Paz (1º de Janeiro de 2017)

A não-violência: estilo de uma política para a paz

1. No início deste novo ano, formulo sinceros votos de paz aos povos e nações do mundo inteiro, aos chefes de Estado e de governo, bem como aos responsáveis das Comunidades Religiosas e das várias expressões da sociedade civil……..  e rezo para que a imagem e semelhança de Deus em cada pessoa nos permitam reconhecer-nos mutuamente como dons sagrados com uma dignidade imensa. Sobretudo nas situações de conflito, respeitemos esta «dignidade mais profunda» e façamos da não-violência activa o nosso estilo de vida.

domingo, 25 de dezembro de 2016

O Presépio somos nós

 O Presépio somos nós

O Presépio somos nós
É dentro de nós que Jesus nasce
Dentro destes gestos que em igual medida
a esperança e a sombra revestem
Dentro das nossas palavras e do seu tráfego sonâmbulo
Dentro do riso e da hesitação
Dentro do dom e da demora
Dentro do redemoinho e da prece
Dentro daquilo que não soubemos ou ainda não tentamos

O Presépio somos nós
É dentro de nós que Jesus nasce
Dentro de cada idade e estação
Dentro de cada encontro e de cada perda
Dentro do que cresce e do que se derruba
Dentro da pedra e do voo
Dentro do que em nós atravessa a água ou atravessa o fogo
Dentro da viagem e do caminho que sem saída parece

O Presépio somos nós
É dentro de nós que Jesus nasce
Dentro da alegria e da nudez do tempo
Dentro do calor da casa e do relento imprevisto
Dentro do declive e da planura
Dentro da lâmpada e do grito
Dentro da sede e da fonte
Dentro do agora e dentro do eterno
 
José Tolentino Mendonça

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

SANTO NATAL

 «Quando ouvirmos falar do nascimento de Cristo, permaneçamos em silêncio e deixemos que seja aquele Menino a falar; gravemos no nosso coração as suas palavras, sem afastar o olhar do seu rosto. Se O tomarmos nos nossos braços e nos deixarmos abraçar por Ele, dar-nos-á a paz do coração que jamais terá fim. Este Menino ensina-nos aquilo que é verdadeiramente essencial na nossa vida.» 

Homilia do Papa Francisco na Santa Missa da Noite de Natal 2015

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Parabéns Papa Francisco

A Santa Sé criou um e-mail para quem quiser desejar os parabéns ao Papa, que completa 80 anos no próximo sábado, 17 de Dezembro.
O serviço permite a qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo, mandar uma mensagem ao Papa, havendo endereços diferentes para diferentes línguas.
Os lusófonos podem utilizar o endereço PapaFrancisco80@vatican.va, ou então utilizar o hashtag #Pontifex80 nas redes sociais.

VIGÍLIA PELA PAZ


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Espectáculo de luz no Terreiro do Paço


Terreiro do Paço terá novo espectáculo de luz em Dezembro


O arco da Rua Augusta vai ser novamente iluminado no mês de Dezembro, desta vez com um espectáculo de luz sobre as alterações climáticas. O Novo Palácio de Nicolau é o nome da história promovida pela Associação de Turismo de Lisboa e a EGEAC, que será projectada de 14 a 23 de Dezembro no Terreiro do Paço, em Lisboa.

O espectáculo é gratuito e vai estar em exibição todos os dias às 19 horas, 19h45 e 20h30.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

NAÇÕES UNIDAS


António Guterres tomou posse, esta segunda-feira, como secretário-geral da ONU, na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, nos EUA.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"O Sonho Missionário de chegar a Todos"

O Sínodo da Diocese de Lisboa, o primeiro desde 1640, inicia-se esta quarta-feira no Centro Diocesano de Espiritualidade Imaculado Coração de Maria, no Turcifal.
O Sínodo, no âmbito das celebrações do tricentenário da criação do Patriarcado de Lisboa, foi anunciado pelo cardeal patriarca Manuel Clemente, em Janeiro de 2014, com o objectivo de a diocese da capital concretizar as “orientações do papa Francisco”, designadamente o reforço pela opção missionária e a reforma das estruturas, segundo o comunicado, então divulgado, pelo Conselho Presbiteral da diocese lisbonense.
Na Assembleia Sinodal, que decorre até a domingo, contam-se 137 participantes, entre leigos, clérigos e religiosos, segundo dados do Patriarcado.
Durante os cinco dias, vai ser analisado o documento de trabalho “O sonho missionário de chegar a todos”, disponível num site para o efeito. O título do documento foi retirado da Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium” (“Alegria no Evangelho”), do papa Francisco.
Os trabalhos organizam-se, segundo nota do Patriarcado, em três temas principais: “Escutar o mundo e olhar a Igreja”, “Discernir sobre os critérios evangélicos para acção eclesial” e “Lançar desafios para uma conversão pastoral e missionária no Patriarcado de Lisboa”.
Paralelamente vão realizar-se “momentos de oração, reflexão, discussão e intervenções”, segundo nota do Patriarcado, divulgada hoje. Terminada a Assembleia Sinodal, “o cardeal patriarca de Lisboa vai elaborar um documento que apresentará as linhas orientadoras para a acção pastoral da Igreja de Lisboa para os próximos anos”.
A apresentação oficial deste documento, que marcará o encerramento do Sínodo Diocesano, realiza-se no dia 08 de Dezembro, às 15h30, durante a celebração solenidade da Imaculada Conceição, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Familiarmente Falando



“Em 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 25 de Novembro como o Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Violência contra as Mulheres(Resolução 54/134) e convidou os governos, organizações internacionais e ONG a organizarem actividades nesse dia, como forma de chamar a atenção do público para o problema.

Desde o dia 1 de Janeiro de 2008, a responsabilidade pela manutenção do Comité para a Eliminação da Discriminação contra as Mulheres é do  Gabinete do Alto Comissário para os Direitos Humanos em Genebra.
A  Assembleia Geral das Nações Unidas criou , em 1979, a  Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres (CEDAW). A Convenção define a discriminação contra as mulheres como sendo  "... qualquer distinção, exclusão ou restrição com base no sexo, que tenha o efeito ou propósito de impedir ou anular o reconhecimento, gozo ou exercício pela mulher, independentemente do seu estado civil, em condições de igualdade entre homens e mulheres, dos direitos humanos e das liberdades fundamentais no domínio político, económico, social, cultural, civil ou qualquer outro. "A discriminação sobre as mulheres assume várias formas  de violência e decorre em diferentes espaços: o Privado - em casa -  e em Público - no trabalho -. Nos diferentes momentos da vida, em criança (quando obrigada a  práticas desadequadas à sua idade, por exemplo,  em países que permitem o casamento de jovens/crianças (mulheres) que, muitas vezes,  as levam à morte. Na juventude, com a violência exercida no namoro (violência doméstica). Na idade adulta, aquando da vivência do casamento, e que, por vezes, se estende à 3ª idade.
No dia 25 de Novembro, a ACISJF - Associação Católica Internacional ao Serviço da Juventude Feminina -  associa-se a esta causa, através de uma Acção de Sensibilização, que contará com a presença de uma Técnica de Apoio à Vítima,  no  Centro de Acolhimento em Sintra, onde será disponibilizada informação sobre o tema.  A ACISJF recorda que o fenómeno  da violência contra as mulheres começa, muitas vezes, no lugar que  seria, por excelência, de segurança - a sua própria  casa -  a denominada violência doméstica, e que  abrange transversalmente vítimas de diferentes estratos sociais, classes económicas, habilitações académicas e zonas de residência, entre outras... De acordo com os dados da APAV, “as mulheres representam mais de 81% das pessoas atendidas na sua rede nacional de 15 Gabinetes de Apoio à Vítima.”
Contactos:
Ø  ACISJF: Centro de Acolhimento de Sintra
- Rua Dr. Câmara Pestana, Edificio Sintra, Lj 11
             e-mail: acisjf.sintra@gmail.com          Telefone: 219 242 069
Ø  Linha Nacional de Emergência Social 144 (Chamada gratuita e disponível 24h/dia)
Ø  Serviço de Informação às Vítimas de Violência Doméstica
 (Número Verde Gratuito 800 202 148)
Ø  Linha de Apoio à vítima: dias úteis, das 09h às 19h (Chamada gratuita:116 006)

Sandra Alves- Mediadora Familiar       

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Síria

A mostrar Irmã Guadalupe Encarnação 23-Nov.jpg

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação
23 Novembro, às 21h15

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Dia Mundial dos Pobres



CARTA APOSTÓLICA
MISERICORDIA ET MISERA
DO SANTO PADRE 
FRANCISCO
NO TERMO DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA
FRANCISCOa quantos lerem esta Carta Apostólica
misericórdia e paz!
(...)

À luz do «Jubileu das Pessoas Excluídas Socialmente», celebrado quando já se iam fechando as Portas da Misericórdia em todas as catedrais e santuários do mundo, intuí que, como mais um sinal concreto deste Ano Santo extraordinário, se deve celebrar em toda a Igreja, na ocorrência do XXXIII Domingo do Tempo Comum, o Dia Mundial dos Pobres. Será a mais digna preparação para bem viver a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, que Se identificou com os mais pequenos e os pobres e nos há de julgar sobre as obras de misericórdia (cf. Mt 25, 31-46). Será um Dia que vai ajudar as comunidades e cada baptizado a reflectir como a pobreza está no âmago do Evangelho e tomar consciência de que não poderá haver justiça nem paz social enquanto Lázaro jazer à porta da nossa casa (cf. Lc 16, 19-21). Além disso este Dia constituirá uma forma genuína de nova evangelização (cf. Mt 11, 5), procurando renovar o rosto da Igreja na sua perene acção de conversão pastoral para ser testemunha da misericórdia.

22. Sobre nós permanecem pousados os olhos misericordiosos da Santa Mãe de Deus. Ela é a primeira que abre a procissão e nos acompanha no testemunho do amor. A Mãe da Misericórdia reúne a todos sob a protecção do seu manto, como A quis frequentemente representar a arte. Confiemos na sua ajuda materna e sigamos a indicação perene que nos dá de olhar para Jesus, rosto radiante da misericórdia de Deus.

Dado em Roma, junto de São Pedro, em 20 de Novembro – Solenidade de Cristo Rei – do Ano do Senhor de 2016, quarto do meu pontificado.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Celebrações dos 300 anos do Palácio de Mafra

17 Novembro 2016 a 19 Dezembro de 2017

Tricentenário do Palácio de Mafra | 17 Novembro 2016 a 19 Dezembro de 2017 Tricentenário do Palácio de Mafra | 17 Novembro 2016 a 19 Dezembro de 2017





A 17 de Novembro de 2017 comemora-se o tricentenário da colocação da primeira pedra da construção da Basílica do Palácio Nacional de Mafra. 
Durante este ano até ao fim do próximo ano, assinala-se aquela data histórica através de meia centena de iniciativas culturais e religiosas, nomeadamente concertos a seis órgãos, conferências, visitas à Tapada Nacional, lançamento de livros, exposições, encenação de uma peça de teatro baseada no Memorial do Convento, de José Saramago, e visitas subterrâneas a locais vedados ao público.


Da programação até ao final deste ano, destacamos o Concerto a seis órgãos (4 Dezembro | 16h00) na Basílica do Palácio Nacional de Mafra, o Lançamento de Memorial do Convento de José Saramago, numa edição especial da obra com prefácio do professor Carlos Reis e ilustrações originais do pintor João Abel Manta (10 Dezembro | 16h00), na Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra, e o Concerto a seis órgãos com a participação do Coro da Academia de Música de Santa Cecília (17 e 18 Dezembro | 21h00), na Basílica do Palácio Nacional de Mafra, concertos que são gravados pela Antena 2 e RTP 2 e transmitidos pelos dois canais a 23 de Dezembro às 19h00.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo

Resultado de imagem para construção cristo rei portugal


A ideia da construção do Monumento a Cristo Rei surge em 1934, aquando de uma visita ao Brasil do então Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Gonçalves Cerejeira. Ao passar pelo Rio de Janeiro, viu a imponente imagem de Cristo Redentor do Corcovado e logo no seu coração nasceu o desejo de construir semelhante obra em frente a Lisboa. Em 1936, a ideia de construir o Monumento a Cristo Rei foi transmitida ao “Apostolado de Oração”, que a acolheu entusiasticamente. Para ser Nacional, o Monumento precisava de aprovação e cooperação de todos os Bispos Portugueses. Tal sensibilização aos Bispos é conseguida, sendo proclamada oficialmente na Pastoral Colectiva da Quaresma de 1937.


Em 1939, inicia-se a II Guerra Mundial e foi durante este período que a ideia da construção do Monumento a Cristo Rei ganhou um novo sentido e vigor.

Em 20 de Abril de 1940, em Fátima, os bispos nacionais, no final do seu Retiro anual, formularam o seguinte voto: “Se Portugal fosse poupado da Guerra, erguer-se-ia sobre Lisboa um Monumento ao Sagrado Coração de Jesus, sinal visível de como Deus, através do Amor, deseja conquistar para Si toda a humanidade”.

Portugal manteve uma posição de neutralidade na II Guerra Mundial, não participando directamente nas acções de bélicas e esse facto foi decisivo para que se colocasse em marcha uma campanha nacional de angariação de fundos, para que a construção fosse uma realidade.

Resultado de imagem para construção cristo rei portugal

Fizeram-se várias campanhas de angariação de fundos, nomeadamente uma subscrição nacional com início no dia da Festa do Santíssimo Sagrado Coração de Jesus, tendo a base mínima de contribuição individual sido fixada num escudo por pessoa.
Devemos também fazer referência à participação de todas as crianças portuguesas na campanha de angariação de fundos para a construção do Monumento, campanha essa que se chamou “Pedras Pequeninas” estendendo-se desde 1939 até 1958.



A 18 de Dezembro de 1949 é solenemente lançada a 1ª Pedra do Monumento a Cristo Rei.


A 17 de Maio de 1959 (Dia de Pentecostes) perante a imagem de Nossa Senhora de Fátima, com a participação de todo o Episcopado Português, os Cardeais do Rio de Janeiro e de Lourenço Marques (Maputo), autoridades civis e de 300 mil pessoas, inaugurou-se o Monumento. Sua Santidade, o Papa João XXIII fez-se presente por Radiomensagem. Na ocasião, o Cardeal Cerejeira fez uma consideração eloquente: "Este será sempre um sinal de Gratidão Nacional pelo dom da Paz".


Resultado de imagem para construção cristo rei portugal


O Monumento de Cristo Rei é um farol divino, 
uma mensagem de amor, uma grandiosa profissão de Fé!

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Papa pediu e Cuba respondeu. Mais de 700 prisioneiros perdoados

Resultado de imagem para jubileu presos
A pedido do Papa, o Governo de Cuba decidiu perdoar 787 prisioneiros comuns. A informação está numa nota do Conselho de Estado cubano.

Os prisioneiros abrangidos foram seleccionados de acordo com os crimes cometidos e pelo comportamento enquanto cumpriam a pena ou aguardavam pela sentença.

As mulheres, os jovens e as pessoas com doenças terão recebido um tratamento especial.

No início do mês, durante uma missa dedicada aos presos de todo o mundo, o Papa pediu a todos os líderes mundiais que ponderem “a possibilidade de proceder a um acto de clemência face aos prisioneiros que considerem poder beneficiar dessa acção”.

O presidente da Conferência Episcopal Cubana já reagiu à decisão do governo de Raul Castro, dizendo estar “muito contente”.

A verdade é que Havana não admite ter quaisquer prisioneiros políticos.

Em Setembro de 2015, Cuba perdoou 3.522 presos num gesto que auto denominou de “humanitário” e que precedeu a visita do Papa Francisco.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

300 Anos do Patriarcado de Lisboa

“PARTIMOS. VAMOS. SOMOS.
Mais do que três palavras, indicam uma vida plena, como realmente acontece.

Só é, quem "parte", de corpo e alma parte, e assim mesmo acontece. Como queremos para nós e para todos.

Trezentos anos de Patriarcado em Lisboa, aludem ao que se chegou a ser porque antes se partira. Já de trás, como os que aqui tinham chegado tantos séculos antes com o Evangelho de Cristo. Como os que se têm acrescentado de 1716 para 2016. E os que hão de partir também, mesmo que fiquem onde estão, na viagem e torna viagem que o nosso mundo proporciona e reclama. Às vezes até bem perto, para que ninguém fique sem terra.

Venham ver a viagem em toada musical. Venham ser com os que foram, para acontecerem sempre mais agora.”

Manuel, Cardeal-Patriarca de Lisboa



“Partimos. Vamos. Somos.” é o nome do Musical que o Patriarcado de Lisboalevará à cena já no próximo mês de Novembro, no Tivoli BBVA, em Lisboa.

A iniciativa partiu do Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e faz parte do programa das comemorações dos 300 anos da qualificação patriarcal da Diocese.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Ajude a Ajudar




A Fundação S. João de Deus (FSJD) organiza no próximo dia 13 de Novembro um concerto solidário com o objectivo de chamar a atenção para a dificuldade de integração da pessoa com a doença mental na sociedade.

O concerto solidário terá lugar no Cinema São Jorge, em Lisboa, e a actuação será da responsabilidade da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana. Com cerca de 70 elementos, é considerada uma das melhores bandas sinfónicas internacionais.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

São Nuno de Santa Maria

A inauguração da estátua de São Nuno de Santa Maria 
vai acontecer no próximo Domingo,
 6 de Novembro, às 15h30, 
no topo da Avenida Torre de Belém, no Restelo.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Viagem Apostólica do Papa Francisco à Suécia


Resultado de imagem para oração ecumenica catedral lund
"Com esta Declaração Conjunta, expressamos jubilosa gratidão a Deus por este momento de oração comum na Catedral de Lund, com que iniciamos o ano comemorativo do quinto centenário da Reforma. Cinquenta anos de constante e frutuoso diálogo ecuménico entre católicos e luteranos ajudaram-nos a superar muitas diferenças e aprofundaram a compreensão e confiança entre nós. Ao mesmo tempo, aproximamo-nos uns dos outros através do serviço comum ao próximo – muitas vezes em situações de sofrimento e de perseguição. Graças ao diálogo e testemunho compartilhado, já não somos desconhecidos; antes, aprendemos que aquilo que nos une é maior do que aquilo que nos separa.

(...)

Apelamos a todas as paróquias e comunidades luteranas e católicas para que sejam corajosas e criativas, alegres e cheias de esperança no seu compromisso de prosseguir na grande aventura que nos espera. Mais do que os conflitos do passado, há de ser o dom divino da unidade entre nós a guiar a colaboração e a aprofundar a nossa solidariedade. Estreitando-nos a Cristo na fé, rezando juntos, ouvindo-nos mutuamente, vivendo o amor de Cristo nas nossas relações, nós, católicos e luteranos, abrimo-nos ao poder de Deus Uno e Trino. Radicados em Cristo e testemunhando-O, renovamos a nossa determinação de ser fiéis arautos do amor infinito de Deus por toda a humanidade."


excerto da Declaração Conjunta por ocasião da comemoração conjunta católica-luterana da Reforma

Lund, 31 de Outubro de 2016

pode ler a declaração completa em:

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Viagem Apostólica do Papa Francisco à Suécia

Resultado de imagem para oração ecumenica catedral lund

"Neste encontro de oração, aqui em Lund, queremos manifestar o nosso desejo comum de permanecer unidos a Ele para termos vida. Pedimos-Lhe: «Senhor, com a vossa graça ajudai-nos a estar mais unidos a Vós para darmos, juntos, um testemunho mais eficaz de fé, esperança e caridade». É também um momento propício para dar graças a Deus pelo esforço de muitos irmãos nossos, de diferentes comunidades eclesiais, que não se resignaram com a divisão, mas mantiveram viva a esperança da reconciliação entre todos os que crêem no único Senhor.

(...)

Nós, luteranos e católicos, rezamos juntos nesta Catedral e estamos conscientes de que, sem Deus, nada podemos fazer; pedimos o seu auxílio para sermos membros vivos unidos a Ele, sempre carecidos da sua graça para podermos levar, juntos, a sua Palavra ao mundo, que tem necessidade da sua ternura e misericórdia."

excerto da Homília do Santo Padre na Oração Ecuménica na Catedral Luterana de Lund 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Portugal no Campeonato Europeu de Futebol Feminino




As romenas ainda empataram, mas o golo marcado no prolongamento por Andreia Norton, chegou para a selecção lusa fazer uma festa inédita. 

A última vaga para o Euro 2017, que vai ser jogado na Holanda, foi ocupada pelas portuguesas.

Portugal qualificou-se pelos golos fora, tornando-se a 16.ª e última selecção a marcar presença na edição 2017 do Europeu feminino, que se realiza na Holanda,
 entre 16 de Julho e 06 de Agosto.

O seleccionador nacional, Francisco Neto, revelou à TSF que as jogadoras fizeram "uma festa tremenda neste momento indescritível que esperemos seja partilhado por todos os portugueses".

fonte:http://www.tsf.pt/desporto/interior/pela-primeira-vez-portugal-estao-no-europeu-de-futebol-feminino-5462560.html

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Da Homilía de D. Joaquim Mendes na Missa das Universidades 2016

"Este é o nosso compromisso, o nosso empenho, o nosso projecto como seus aliados, seus amigos, seus discípulos.
Na jornada mundial da juventude em Cracóvia, o Papa Francisco afirmou: “não viemos ao mundo para «vegetar», para transcorrer comodamente os dias, para fazer da vida um sofá que nos adormeça, pelo contrário, viemos com outra finalidade, para deixar uma marca (…) O tempo que estamos a viver não precisa de jovens-sofá, mas de jovens com sapatos, ainda melhor com sapatilhas calçadas. Este tempo aceita apenas jogadores titulares em campo, não há lugar para suplentes. O mundo de hoje pede-vos para serdes protagonistas da história, porque a vida é bela desde que a queiramos viver, desse que queiramos deixar uma marca” (Vigília de oração).

Vamos dar o nosso melhor, fazendo render os dons e as oportunidades que o Senhor nos concedeu, trabalhando afincadamente, ajudando-nos uns aos outros, para deixar esta «marca» com o nosso testemunho cristão."

† D. Joaquim Mendes
Bispo Auxiliar de Lisboa
20.10.2016

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Cardeal Robert Sarah




A Fundação a Junção do Bem e a Universidade Católica comunicaram-nos que estará cá em Portugal, na próxima semana, o Cardeal Robert Sarah, que exerceu funções no Conselho Pontifício Cor Unum e foi depois nomeado pelo Papa Francisco para Prefeito da Congregação do Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos.


É um guineense, de nascença e cultura africana, que tem uma reflexão relevante sobre a crise de Deus no Ocidente, a partir de uma perspectiva de quem vem do Continente Africano, com outra vivência da natureza, da pobreza, da fé. Com ele, e outros cardeais nomeados pelo Santo Padre fora da Europa, percebemos bem a beleza da universalidade da Igreja, que nos pode falar da Boa- Nova de todos os cantos da terra.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Dia Internacional das Raparigas

 11 de outubro – Dia Internacional das Raparigas




 O dia 11 de Outubro foi instituído, em 2011, como o Dia Internacional das Raparigas, através da Resolução 66/170, da Assembleia Geral das Nações Unidas, com o intuito de promover uma maior consciência relativamente à situação das raparigas em todo o mundo, de forma a tentar quebrar o ciclo de discriminação e violência e promover a protecção dos seus direitos.

CONFERÊNCIA


sexta-feira, 7 de outubro de 2016

300 Anos do Patriarcado de Lisboa

O Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, desafia os diocesanos, através de uma mensagem, a assistirem ao musical “Partimos. Vamos. Somos” – o musical dos 300 anos do Patriarcado de Lisboa.
Mensagem: 

"Partimos. Vamos. Somos: Mais do que três palavras, indicam uma vida plena, como realmente acontece. Só é, quem "parte", de corpo e alma parte, e assim mesmo acontece. Como queremos para nós e para todos. Trezentos anos de Patriarcado em Lisboa, aludem ao que se chegou a ser porque antes se partira. Já de trás, como os que aqui tinham chegado tantos séculos antes com o Evangelho de Cristo. Como os que se têm acrescentado de 1716 para 2016. E os que hão de partir também, mesmo que fiquem onde estão, na viagem e torna viagem que o nosso mundo proporciona e reclama. Às vezes até bem perto, para que ninguém fique sem terra. Venham ver a viagem em toada musical. Venham ser com os que foram, para acontecerem sempre mais agora.

Convosco, partindo aqui, + Manuel Clemente

O elenco do musical é composto por jovens da Diocese de Lisboa, a encenação está a cargo de Matilde Trocado e o texto é da responsabilidade do padre Hugo Gonçalves.
O musical “Partimos. Vamos. Somos” acontece por ocasião das comemorações dos 300 anos do Patriarcado de Lisboa e “pretende mostrar o facto de Lisboa, no passado e no presente, ser uma cidade marcada pelo empenho missionário”.

A estreia está marcada para o próximo dia 18 de Novembro, no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, e os bilhetes já estão à venda, nos locais habituais e em http://ticketline.sapo.pt.