5ª Feira da Ascensão

5ª Feira da Ascensão
5ª Feira da Espiga, em Portugal
...

terça-feira, 30 de junho de 2015



O Apartheid foi implantado oficialmente na África do Sul em 29 de junho de 1949. O termo “apartheid” significa “separação” em africanêr e essa política consistiu em separar e limitar os territórios em que as pessoas podiam transitar de acordo com a sua raça, estabelecendo uma hierarquia em que a população branca dominava o resto da população. Apesar do repúdio e das sanções de outros países, essa política persistiu até 1990.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Telma Monteiro conquista ouro nos Jogos Europeus

Telma Monteiro conquista ouro nos Jogos Europeus



A judoca portuguesa, número um do mundo, conseguiu derrotar a húngara Hedvig Karakas na final da categoria -57 kg, averbando a medalha de ouro para Portugal, a terceira para Portugal nos Jogos Europeus de Baku, no Azerbaijão. 

Telma Monteiro venceu a número 11 do mundo por "ippon", conseguindo vencer Karakas pela quinta vez, em cinco combates disputados. Assim, Telma Monteiro sagra-se campeã europeia na categoria de -57 kg de judo, averbando o seu quinto título europeu, depois de conquistas em 2006 e 2007 (-52kg) e 2009 e 2012 (-57kg). Esta é a terceira medalha de ouro para Portugal, depois das conquistas no ténis de mesa e no taekwondo. No total, a comitiva portuguesa conquistou a nona medalha, ficando assim com três medalhas de ouro, quatro de prata e duas de bronze. 

See more at: http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=839599&tm=46&layout=158&visual=49#sthash.wJgbT71Q.dpuf

sexta-feira, 19 de junho de 2015

"Laudato Si"





A encíclica "Laudato Si" ("Louvado sejas" em italiano antigo, uma referência a um cântico de São Francisco de Assis de louvor a Deus pela criação), é a primeira escrita integralmente pelo Papa Francisco, uma vez que a encíclica "Lumen Fidei", lançada pouco depois da sua eleição, foi iniciada por Bento XVI. 

A "verdadeira abordagem ecológica é sempre uma abordagem social que deve integrar a justiça nas discussões sobre o ambiente, para se ouvir quer o grito da Terra, quer o grito dos pobres". Na primeira encíclica de um Papa dedicada ao ambiente, Francisco diz que o mundo não pode ignorar as alterações climáticas sobre as quais há um "consenso científico muito consistente". 

Para Francisco, a preocupação ecológica não pode ser separada da preocupação pelos mais pobres, marginalizados e fracos. 


Os conselhos do Papa 
Nesta encíclica o Papa convida os fiéis e todas as pessoas de boa vontade a vestir a camisola pela protecção do ambiente, no sentido mais literal. "Se uma pessoa habitualmente se resguarda um pouco mais em vez de ligar o aquecimento", diz, "isso supõe que adquiriu convicções e modos de sentir favoráveis ao cuidado do ambiente." 

De igual modo, Francisco pede que se evite a utilização do plástico, aconselha a separar o lixo, utilizar transportes públicos, cozinhar apenas os alimentos que se consomem, poupar o papel e convida a uma "criatividade generosa e digna que revele o melhor do ser humano". 

Uma vez que a condição para pôr em prática estes conselhos passa, segundo o Papa, por um comportamento humilde e sóbrio e uma atitude que leva ao louvor de Deus criador, aconselha ainda a recuperar o hábito de rezar antes e depois das refeições, "porque reforça o nosso sentido de gratidão pelo que nos é dado". 


in http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=29&did=190880

segunda-feira, 15 de junho de 2015

13 de Junho de 313 - Aprender com a História

Resultado de imagem para primeiros cristãos

A 30 de Abril de 311 – pouco depois da grande perseguição de Diocleciano, que não conseguira os seus intentos – o imperador Galério dispôs num édito que fosse permitido aos cristãos existirem publicamente, reconstruirem os seus lugares de culto e reunirem-se entre si, com a condição de respeitarem as leis. Com estas disposições e pela primeira vez no Império, o cristianismo era juridicamente reconhecido, tornando-se religio licita.

Era um passo fundamental em direção a outra convivência Igreja – Império. Reforçado pelo seguinte, dois anos depois, com o assim chamado édito de Milão. Em Fevereiro de 313, Constantino e Licínio, imperadores romanos – que já tinham subscrito o édito de Galério – trataram nessa cidade de vários problemas do Império, incluindo a situação dos cristãos.

Uma carta de Licínio ao governador da Bitínia, a 13 de Junho desse mesmo ano, dá-nos conta do que decidiram. Entre outras coisas, o seguinte: 

«Nós, pois, Constantino Augusto e Licínio Augusto, reunidos felizmente em Milão para tratar de tudo o que respeita ao interesse e segurança do Império, pensámos que, entre o que mais exigia a nossa actuação, nada traria tanta vantagem à maior parte dos homens, como decidir de que modo se deve honrar a divindade. Por isso, resolvemos conceder aos cristãos e a todos os outros a liberdade de seguirem a religião em que cada um crê, a fim de que a divindade que está no céu, qualquer que ela seja, nos prodigalize a nós e a todos os nossos súbditos a paz e a prosperidade. Pensámos ser um óptimo e muito razoável sistema não negar a nenhum dos nossos súbditos, cristãos ou de outro culto, a liberdade de praticar a religião que quiser: assim, a suprema divindade, que cada um de nós livremente adora, quererá conceder-nos o seu favor e a habitual benevolência» 

(texto em Lactâncio, De mortibus persecutorum, 48 e Eusébio de Cesareia, Historia Ecclesiastica, X, 5).

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Beatriz Costa - Grande marcha de Lisboa (Lá vai Lisboa)

Foi Jack King que deu voz de partida para a Lua!



"Três, dois, um, zero, todos os motores a funcionar. Descolagem, temos uma descolagem." 



Calou-se esta 5ªfeira aos 84 anos a voz que transportou milhares para o espaço ao dar voz à partida para a Lua.



A 16 de julho de 1969, Jack King foi a voz ouvida um pouco por todo o mundo, no lançamento da nave Apollo 11, que transportou os astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins para a Lua e que permitiu, cinco dias mais tarde, que Armstrong fosse o primeiro homem a pisar a superfície lunar.



Morreu a 'voz de Apollo' que lançou o Homem para a Lua - Ciência - DN





segunda-feira, 8 de junho de 2015

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Pentecostes no Panteão em Roma




Cumprindo uma antiga tradição do dia de Pentecostes, as pétalas que caem do alto simbolizam as línguas de fogo que nesse dia desceram sobre Nossa Senhora e os Apóstolos, reunidos no Cenáculo.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Aluna portuguesa premiada

Aluna de dança do Conservatório conquista prata em Nova Iorque

A aluna Maria Ribas, da Escola de Dança do Conservatório Nacional (EDCN), conquistou uma medalha de prata no Valentina Kozlova International Ballet Competition, nos Estados Unidos.


O concurso decorreu em Nova Iorque e Maria Ribas conquistou a medalha de prata na categoria júnior - dos 15 aos 17 anos - em dança contemporânea.

Em fevereiro deste ano, a mesma aluna da EDCN vendeu o primeiro prémio em dança contemporânea no Festival Internacional de Dança Tanzolimp 2015, em Berlim, na Alemanha.

O Valentina Kozlova International Ballet Competition (VKIBC) é organizado pelo Dance Conservatory Performance Project (DCPP), uma organização sem fins lucrativos dedicada à dança, membro International Dance Council (CID) da UNESCO.

Este ano, participaram no concurso alunos provenientes da Argentina, Bielorrússia, Brasil, Canadá, China, Cuba, Israel, Japão, Cazaquistão, México, Panamá, Paraguai, Peru, Filipinas, Rússia, África do Sul, Coreia do Norte, Taiwan, Ucrânia, Venezuela e Estados Unidos.