5ª Feira da Ascensão

5ª Feira da Ascensão
5ª Feira da Espiga, em Portugal
...

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Língua portuguesa celebra 800 anos no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa


Comemora-se esta sexta feira, dia 27 de junho, os 800 anos da língua portuguesa. O Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, acolhe as celebrações, com um dia inteiro dedicado à cultura, leitura, dança, música e, sobretudo, partilha de experiências.

Na comemoração dos 800 anos da língua portuguesa destaca-se o lançamento às 13h, na Rosa dos Ventos, de 800 balões por 800 crianças, com mensagens e desenhos de artistas plásticos dos oito países da CPLP. Este é um momento emblemático que simboliza a expansão da língua portuguesa pelo mundo ao longo de oito séculos.

Pelas 12h terá início um recital de poesia no auditório do Padrão dos Descobrimentos, em que serão declamados 16 poemas dos 8 países de língua portuguesa.
O mais antigo documento oficial conhecido em língua portuguesa data de 27 de junho de 1214. Trata-se de um documento régio - o testamento do terceiro rei de Portugal, Dom Afonso II - arquivado na Torre do Tombo.

Leia mais em 
http://www.portugaldigital.com.br/lusofonia/ver/20086794-lingua-portuguesa-celebra-800-anos-no-padrao-dos-descobrimentos-em-lisboa

terça-feira, 24 de junho de 2014

Maestro do Coro Laudate




Sonhou ser motorista, mas Deus trocou-lhe as voltas. Ingressou no seminário quando a Europa estava em guerra e a música, vocação que estava escondida, começou a revelar-se e transformou a sua vida por completo. Hoje, José Eugénio Vieira é maestro e o Coro Laudate, que fundou em Benfica, comemora já 40 anos.

A música foi ganhando, aos poucos, cada vez mais importância na sua vida. Participou em diversos estágios de direção coral e frequentou o Curso Internacional de Direção e Pedagogia Coral no Instituto Piaget. De 1987 a 1997 foi membro do Conselho Diocesano do Patriarcado e membro da Comissão Diocesana de Música Sacra. Desde 2001 é responsável pelo Arquivo de Música da Sé Patriarcal de Lisboa. A música sacra é, para o maestro, um meio de evangelização.

São já incontáveis as participações do Coro Laudate desde que foi fundado há 40 anos. No entanto, quando procura recordar um momento especial, o maestro Eugénio Vieira lembra logo o ano de 1997 quando se encontrou, pela terceira vez com João Paulo II. “Três dos momentos mais importantes a nível pessoal e coral estão relacionados com o Papa João Paulo II. O primeiro, em 1989, em Roma, por ocasião do II Congresso Mundial de Maestri di Capella em representação de Portugal, participando 1100 elementos de 37 países, e tive o privilégio de ser escolhido com mais 5 elementos para cantar o Ofício de Vésperas na abertura do retiro quaresmal de SS. o Papa João Paulo II na sua Capela privada. O segundo, em 1991, quando fui responsável pela orientação musical do Coro Laudate com outros coros na visita de SS a Lisboa e Fátima. E o terceiro, em 1997, quando dirigi o Coro Laudate no Santuário de Loreto. Neste período a passagem do Coro por Roma foi muito comentada na Rádio Vaticano e mereceu uma mensagem carinhosa do Papa ao receber o Coro em Castel Gandolfo. Foi muito emotivo! São momentos grandiosos como estes que minimizam todos os sacrifícios surgidos, justificam uma total entrega ao serviço da Igreja, ao serviço de Deus, deixando muitas vezes para trás outras causas tão importantes como a família, a saúde, os amigos, e nos trazem felicidade. A eles agradeço também o apoio incondicional ao longo destes anos”, termina, de forma emotiva.

Leia toda a reportagem em 
http://www.vozdaverdade.org/site/index.php?id=4071&cont_=ver2

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Viva Portugal!



Rui Costa já nos habituou a proezas que mais nenhum português consegue (ser campeão do mundo, por exemplo), mas neste domingo concretizou uma que mais ninguém no mundo foi capaz de fazer: vencer pela terceira vez consecutiva a Volta à Suíça. O currículo da prova helvética, uma das mais importantes Voltas mundiais logo a seguir às três grandes, apresenta agora o mesmo nome nas três últimas edições.


Tal como há um ano, o ciclista nascido na Póvoa de Varzim saltou para a liderança da geral com uma vitória na derradeira etapa. Se em 2013 decidiu tudo na crono-escalada final, neste domingo foi o melhor num dia de alta montanha. Foi um sucesso, o primeiro com a camisola arco-íris de campeão mundial e também o primeiro ao serviço da Lampre, em que ficaram patentes as suas melhores qualidades, ao recuperar de terceiro para primeiro da geral.

“Foi um dia duro, mas em que me senti bem e as minhas pernas puderam responder ao que pedia a cabeça”, escreveu Rui Costa no seu site. “Ganhar uma vez é bom, duas vezes é excelente, mas ganhar três vezes consecutivas é fantástico”.

sábado, 21 de junho de 2014

Corpo de Deus

No próximo Domingo, 22 de junho, a Sé Patriarcal de Lisboa acolhe, às 11h30, a celebração da Eucaristia na Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, popularmente conhecida como Corpo de Deus, presidida pelo Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.
Após a celebração, haverá, entre as 13h e as 16h, Adoração do Santíssimo Sacramento. A partir das 17h, decorre a Solene Procissão do Corpo de Deus, que vai percorrer diversas ruas da cidade de Lisboa (Rua das Pedras Negras, Rua da Madalena, Rua dos Condes de Monsanto, Praça da Figueira, Rua da Prata, Rua da Conceição, Rua de Santo António à Sé) e que termina, no Largo da Sé, pelas 18h30, com a tradicional bênção pelo Patriarca de Lisboa.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Dia Mundial do Refugiado


Monumentos e edifícios de várias cidades vão ser iluminados em azul para evocar 50 milhões de pessoas

O Santuário de Cristo-Rei, em Almada (Diocese de Setúbal), vai associar-se hoje às celebrações do Dia Mundial do Refugiado, em que vários monumentos e edifícios ganham uma iluminação especial em azul, cor do Alto Comissariado das Nações Unidas.

“Trata-se de uma iniciativa que acontece em várias cidades do mundo e tem como objetivo lembrar a força e a coragem dos refugiados, numa altura em que as deslocações forçadas atingem níveis alarmantes”, refere o Conselho Português para os Refugiados (CPR), em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O programa das celebrações promovidas pelo CPR inclui uma conferência sobre os desafios e as oportunidades da empregabilidade dos refugiados, no auditório da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

À noite, o Centro de Acolhimento para Refugiados da Bobadela acolhe o Sarau Cultural com momentos de Teatro e de música, a partir das 21h00.

Segundo o CPR, as pessoas refugiadas no exterior e deslocadas internamente nos seus países, devido a perseguições e a situações de guerra ou conflitos, são hoje mais de 50 milhões.

O Papa lembrou esta quarta-feira no Vaticano todos os refugiados do mundo que hoje vivem fora da “própria terra para fugir dos conflitos e das perseguições”.

“Milhões de famílias refugiadas de muitos países e de todas as fés vivem na sua história dramas e feridas que dificilmente poderão ser curados. Façamo-nos seus vizinhos, partilhando os seus medos e a sua incerteza com o futuro, aliviando concretamente os seus sofrimentos”, apelou, no final da audiência pública semanal.

Francisco mostrou-se preocupado com “o número” de “irmãos refugiados” que “está a crescer”, lembrando que “nestes últimos dias, outros milhares de pessoas foram forçadas a deixar as suas casas para se salvar”.

Durante a audiência, o Papa Francisco recordou também “as pessoas e as instituições que trabalham com generosidade para assegurar aos refugiados acolhimento e dignidade, dando-lhes motivos de esperança”.

“Pensemos que Jesus foi um refugiado, que teve de fugir para salvar a sua vida, com São José e Nossa Senhora, teve de ir para o Egipto, ele foi um refugiado”, salientou.

Lisboa, 20 jun 2014 (Ecclesia)
http://agencia.ecclesia.pt/noticias/nacional/portugal-santuario-de-cristorei-associase-a-celebracao-do-dia-mundial-do-refugiado/

segunda-feira, 16 de junho de 2014

"Ninguém vence sozinho, nem no campo nem na vida."
Papa Francisco
 
Força Portugal

sábado, 7 de junho de 2014

Tratado de Tordesilhas

No dia 7 de Junho de 1494, os reinos de Portugal e de Castela assinam o Tratado de Tordesilhas, dividindo entre si o Novo Mundo.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

UM MINUTO PELA PAZ

Com o Papa Francisco
UM MINUTO PELA PAZ











Todos os dias, e especialmente, Sexta-feira 06 de Junho, às 13.00h
Onde estiveres, às 13 horas, concentra-te, inclina a cabeça e reza uma oração pela paz. Cada um, segundo a sua própria tradição.
_______________________________________________

“Construir a paz é difícil, mas viver sem paz é um tormento”.
Preparemos, com a oração permanente, em todo o mundo, o encontro do Papa Francisco com os Presidentes de Israel e da Palestina, do dia 08 de Junho, no Vaticano.
_______________________________________________

Liga o despertador do teu telemóvel ou do teu relógio
Visita-nos no facebook: umminutopelapaz