105 anos da ACISJF em Portugal e 50 anos da inauguração do "Self-service".

105 anos da ACISJF em Portugal e 50 anos da inauguração do "Self-service".
Nossa Senhora do Bom Conselho - Padroeira da ACISJF

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Dia Mundial da Escrita à Mão

Resultado de imagem para dia mundial da escrita à mão

O Dia da Escrita à Mão observa-se a 23 de Janeiro.
O dia teve origem nos Estados Unidos da América e celebra uma invenção com 3500 anos: a escrita à mão. Com a massificação das novas tecnologias a escrita à mão tornou-se obsoleta, querendo o Dia da Escrita à Mão reavivar uma arte que durante muitas gerações foi utilizada para passar ideias revolucionárias, escrever obras imortais, assinar acordos internacionais, declarar amores intensos e fazer ameaças, entre muitos outros.

HOJE, HÁ MISSA


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

A Imagem Peregrina de Nossa Senhora do Rosário de Fátima já chegou ao Panamá!

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas a sorrir

MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO CONVOCANDO OS JOVENS PARA A JMJ PANAMÁ [22 - 27 DE JANEIRO DE 2019]





Queridos jovens!

Vai-se aproximando a Jornada Mundial da Juventude, que será celebrada no Panamá em Janeiro do próximo ano e terá como tema a resposta da Virgem Maria à chamada de Deus: «Eis a serva do Senhor, faça-se em Mim segundo a tua palavra» (Lc 1, 38).

As suas palavras são um «sim» audaz e generoso; o sim de quem compreendeu o segredo da vocação: sair de si mesmo e pôr-se ao serviço dos outros. A nossa vida só encontra sentido no serviço a Deus e ao próximo.

Há muitos jovens, crentes ou não crentes, que, no final dum período de estudos, mostram desejo de ajudar os outros, fazer algo pelos que sofrem. Esta é a força dos jovens, a força de todos vós, que pode transformar o mundo; esta é a revolução que pode desbaratar os «poderes fortes» desta terra: a «revolução» do serviço.

Para colocar-se ao serviço dos outros não basta estar pronto para a acção, é preciso também entrar em diálogo com Deus, numa atitude de escuta, como fez Maria. Ela escutou o que o anjo Lhe dizia e, depois, respondeu. A partir deste relacionamento com Deus no silêncio do coração, descobrimos a nossa identidade e a vocação a que nos chama o Senhor; a vocação pode expressar-se em várias formas: no matrimónio, na vida consagrada, no sacerdócio… Mas todas elas são caminhos para seguir Jesus. O importante é descobrir aquilo que o Senhor espera de nós e ter a audácia de dizer «sim».

Maria foi uma mulher feliz, porque generosa com Deus, aberta ao plano que tinha para Ela. As propostas de Deus para nós, como a que fez a Maria, não são para satisfazer sonhos mas para acender desejos; para fazer com que a nossa vida dê fruto, faça desabrochar muitos sorrisos e alegre muitos corações. Responder afirmativamente a Deus é o primeiro passo para ser feliz e tornar felizes muitas pessoas.

Queridos jovens, tende a coragem de entrar, cada um, no próprio interior e perguntar a Deus: Que quereis de mim? Deixai que o Senhor vos fale, e vereis a vossa vida transformar-se e encher-se de alegria.

Na iminência da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, convido-vos a preparar-vos, acompanhando e participando em todas as iniciativas que se vão realizando. Isto ajudar-vos-á a caminhar para tal meta. Que a Virgem Maria vos acompanhe nesta peregrinação e o seu exemplo vos induza a ser audazes e generosos na resposta.

Boa caminhada rumo ao Panamá! E, por favor, não vos esqueçais de rezar por mim. Até breve!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

ANO MISSIONÁRIO

O Papa Francisco indica quatro dimensões para prepararmos e vivermos o Mês Missionário Extraordinário de Outubro de 2019:
  • Encontro pessoal com Jesus Cristo vivo na sua Igreja: Eucaristia, Palavra de Deus, oração pessoal e comunitária.
  • Testemunho: os santos, os mártires da missão e os confessores da fé, que são expressão das Igrejas espalhadas pelo mundo.
  • Formação: bíblica, catequética, espiritual e teológica sobre a missão.
  • Caridade missionária: ajuda material para o imenso trabalho da evangelização e da formação cristã nas Igrejas mais necessitadas.
Estas dimensões de oração, reflexão e acção propostas pelo Santo Padre, assim como o tema do Dia Mundial das Missões em 2019 – “Baptizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo” – estarão presentes nas várias iniciativas diocesanas ao longo de todo o Ano Missionário, sempre centrados na Palavra e na Eucaristia.

Conferência Episcopal Portuguesa

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

ANO MISSIONÁRIO


 A Conferência Episcopal Portuguesa, na Assembleia Plenária de 9-12 de Abril de 2018, aprovou a Nota Pastoral  
 «Todos, Tudo e Sempre em Missão»  
e a celebração de um Ano Missionário, que se inicia em Outubro de 2018 e culmina em Outubro de 2019 como «Mês Missionário Extraordinário», assim declarado pelo Papa Francisco para assinalar o centenário da Carta Apostólica Maximum Illud do Papa Bento XV. A dimensão missionária estará subjacente às iniciativas pastorais diocesanas e nacionais ao longo do Ano Missionário, que será vivido no encontro com Jesus Cristo na Igreja, na liturgia, no testemunho dos santos e mártires da missão, na formação bíblica, catequética, espiritual e teológica, e na caridade missionária.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

MARCHA PELA VIDA EM PARIS

No dia 20 de Janeiro, será realizada em Paris a 13ª edição da Marcha pela Vida. A iniciativa é promovida por numerosos organismos, incluindo várias associações católicas.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Athletica Vaticana



A Santa Sé apresentou no dia 10 em conferência de imprensa a associação ‘Athletica Vaticana’, o primeiro organismo desportivo do género do Vaticano, apontando a uma futura participação em Jogos Olímpicos.

“No futuro talvez possamos pensar na bandeira do Vaticano [em Jogos Olímpicos], com um pequeno grupo de atletas, como acontece com outros pequenos Estados”, disse o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, à margem da apresentação.

O colaborador do Papa apontou à entada em “competição” do Vaticano em eventos como os Jogos do Mediterrâneo, para apresentar “atletas com qualidades profissionais”.
Resultado de imagem para Athletica Vaticana

A equipa da ‘Athletica Vaticana’, composta por cerca de 70 maratonistas funcionários da Santa Sé, fez a sua primeira prova em setembro de 2017, em Roma, na meia-maratona inter-religiosa ‘Via Pacis’.
Resultado de imagem para Athletica Vaticana

Uma das iniciativas marcantes deste grupo, agora constituída como associação, foi a adoção de dois refugiados gambianos, Jallow Buba e Musa Barry, em sintonia com a decisão do Comité Olímpico Internacional de criar uma equipa de atletas refugiados.


Cidade do Vaticano, 10 jan 2019 (Ecclesia)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Parabéns D. Nuno Brás! Rezemos pelo novo Bispo do Funchal.



Oração pelos sacerdotes

Meu Deus!
Rogo-te pelos teus fiéis e fervorosos sacerdotes,
Pelos teus sacerdotes quentes e infiéis,
Por seus sacerdotes que trabalham perto ou em distantes missões,
Pelos teus sacerdotes que sofrem de tentação,
Por seus sacerdotes que sofrem solidão e desolação,
Pelos teus jovens sacerdotes,
Pelos teus sacerdotes idosos,
Pelos teus sacerdotes doentes,
Pelos teus sacerdotes agonizantes.
Por aqueles que sofrem no purgatório.
Mas, acima de tudo, entrego-te aos padres.
Que me são mais queridos,
Ao Padre que me baptizou,
Aquele que me absolveu dos meus pecados,
Aos sacerdotes a cujas missas eu tenho assistido
E que me deram o teu corpo e sangue na sagrada comunhão,
Aos sacerdotes que me ensinaram e ensinaram,
Me incentivaram e aconselharam,
A todos os padres a quem me liga
Uma dívida de gratidão, especialmente a...
Oh Jesus, guarda-os a todos junto ao teu coração.
E conceda abundantes bênçãos
No tempo e na eternidade! Amém


Resultado de imagem para sacerdotes fátima

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Venha "aquecer" na nossa esplanada ao sol!

A imagem pode conter: texto
Nada como almoçar comida caseira com amigos na nossa esplanada,
para aproveitar o Sol de Inverno!

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Ainda o Dia Mundial da Paz

MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCOPARA A CELEBRAÇÃO DO DIA MUNDIAL DA PAZ
1º DE JANEIRO DE 2019
«A BOA POLÍTICA
ESTÁ AO SERVIÇO DA PAZ»

(...)
Cada um pode contribuir com a própria pedra para a construção da casa comum. A vida política autêntica, que se funda no direito e num diálogo leal entre os sujeitos, renova-se com a convicção de que cada mulher, cada homem e cada geração encerram em si uma promessa que pode irradiar novas energias relacionais, intelectuais, culturais e espirituais. Uma tal confiança nunca é fácil de viver, porque as relações humanas são complexas. Nestes tempos, em particular, vivemos num clima de desconfiança que está enraizada no medo do outro ou do forasteiro, na ansiedade pela perda das próprias vantagens, e manifesta-se também, infelizmente, a nível político mediante atitudes de fechamento ou nacionalismos que colocam em questão aquela fraternidade de que o nosso mundo globalizado tanto precisa. Hoje, mais do que nunca, as nossas sociedades necessitam de «artesãos da paz» que possam ser autênticos mensageiros e testemunhas de Deus Pai, que quer o bem e a felicidade da família humana.

(...)
Com efeito, a paz é fruto dum grande projecto político, que se baseia na responsabilidade mútua e na interdependência dos seres humanos. Mas é também um desafio que requer ser abraçado dia após dia. A paz é uma conversão do coração e da alma, sendo fácil reconhecer três dimensões indissociáveis desta paz interior e comunitária:
Resultado de imagem para família
- a paz consigo mesmo, rejeitando a intransigência, a ira e a impaciência e – como aconselhava São Francisco de Sales – cultivando «um pouco de doçura para consigo mesmo», a fim de oferecer «um pouco de doçura aos outros»;
- a paz com o outro: o familiar, o amigo, o estrangeiro, o pobre, o atribulado..., tendo a ousadia do encontro, para ouvir a mensagem que traz consigo;
- a paz com a criação, descobrindo a grandeza do dom de Deus e a parte de responsabilidade que compete a cada um de nós, como habitante deste mundo, cidadão e ator do futuro.

A política da paz, que conhece bem as fragilidades humanas e delas se ocupa, pode sempre inspirar-se ao espírito do Magnificat que Maria, Mãe de Cristo Salvador e Rainha da Paz, canta em nome de todos os homens: A «misericórdia [do Todo-Poderoso] estende-se de geração em geração sobre aqueles que O temem. Manifestou o poder do seu braço e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes (...), lembrado da sua misericórdia, como tinha prometido a nossos pais, a Abraão e à sua descendência, para sempre» (Lc 1, 50-55).

Vaticano, 8 de Dezembro de 2018.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Dia Mundial da Paz


Resultado de imagem para pombas paz


MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCO PARA A CELEBRAÇÃO DO
DIA MUNDIAL DA PAZ - 
1º DE JANEIRO DE 2019
«A BOA POLÍTICA ESTÁ AO SERVIÇO DA PAZ»

1. «A paz esteja nesta casa!»

Jesus, ao enviar em missão os seus discípulos, disse-lhes: «Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: “A paz esteja nesta casa!” E, se lá houver um homem de paz, sobre ele repousará a vossa paz; se não, voltará para vós» (Lc 10, 5-6).
Oferecer a paz está no coração da missão dos discípulos de Cristo. E esta oferta é feita a todos os homens e mulheres que, no meio dos dramas e violências da história humana, esperam na paz.
 A «casa», de que fala Jesus, é cada família, cada comunidade, cada país, cada continente, na sua singularidade e história; antes de mais nada, é cada pessoa, sem distinção nem discriminação alguma. E é também a nossa «casa comum»: o planeta onde Deus nos colocou a morar e do qual somos chamados a cuidar com solicitude.

Eis, pois, os meus votos no início do novo ano: «A paz esteja nesta casa!»

Vaticano, 8 de Dezembro de 2018.