.

.
ESTIVEMOS CÁ TODO O VERÃO, E ESTAMOS NO OUTONO E NO INVERNO!
...

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ADVENTO


ADVENTO
  Advento, tempo de espera. Não apenas de um dia, mas daquilo que os dias, todos os dias, de forma silenciosa, transportam: a Vida, o mistério apaixonante da Vida que em Jesus de Nazareth principiou.
  Advento, tempo de redescobrir a novidade escondida em palavras tão frágeis como "nascimento", "criança", "rebento".
  Advento, tempo de escutar a esperança dos profetas de todos os tempos: Isaías e Bento XVI. Miqueias e Teresa de Calcutá.
  Advento, tempo de preparar, mais do que consumir. Tempo de repartir a vida, mais do que distribuir embrulhos.
  Advento, tempo de procura, de inconformismo, até de imaginação para que o amor, o bem, a beleza possam ser realidades e não apenas desejos para escrever num cartão.
  Advento, tempo de dar tempo a coisas, talvez, esquecidas: acender uma vela; sorrir a um anjo; dizer o quanto precisamos dos outros, sem vergonha de parecermos piegas.
  Advento, tempo de se perguntar: "há quantos anos, há quantos longos meses desisti de renascer?"
  Advento, tempo de rezarmos à maneira de um regato que, em vez de correr, escorre limpidamente.
  Advento, tempo de abrir janelas na noite do sofrimento, da solidão, das dificuldades e sentir-se prometido às estrelas, não ao escuro.
  Advento, tempo para contemplar o infinito na história, o inesperado no rotineiro, o divino no humano, porque o rosto de um Homem nos devolveu o rosto de Deus.

Tolentino Mendonça

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Cine-Teatro-Monumental

A 28 de Novembro de 1983, no lado poente da Praça Duque de Saldanha, em Lisboa, começam a ser abertos buracos no alcatrão, junto ao lancil do passeio, a fim de instalar os pilares de uma vedação. É o primeiro sinal exterior de uma demolição que se aproxima: a do Cine-Teatro Monumental.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Dê um pouco de Amor!

Inspire-se neste video e aproveite para fazer a diferença no dia de alguém!
Pequenos gestos, grandes sorrisos!

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A grande fraude ( Opinião por JOÃO CÉSAR DAS NEVES)

E se boa parte das nossas certezas acerca da história mundial fosse realmente falsa? Se nos últimos três séculos a classe intelectual estivesse dominada por uma ideologia enganadora que a levou a distorcer os factos para satisfazer preconceitos dogmáticos?
No seu recente livro The Triumph of Christianity (HarperOne, 2011) o reputado sociólogo da religião Rodney Stark faz um resumo de 40 anos de carreira e de uma impressionante lista de trabalhos de outros autores. O tema explícito é o paradoxo a que dedicou grande parte da sua atenção: "como foi possível que uma obscura seita judia se tenha tornado na maior religião do mundo?" (p.1). Só que, apesar de cobrir esparsamente os dois mil anos de história, pode dizer-se que o verdadeiro assunto do volume é bem diferente: derrubar uma enorme quantidade de mitos, erros e manipulações que a historiografia dos últimos séculos acumulou sobre a Igreja.

Leia o artigo completo em:
A grande fraude - Opinião - DN

sábado, 24 de novembro de 2012

'Acreditar com o Concílio'




Guarde este link consigo e acompanhe todas as semanas, durante o Ano da Fé, o programa 'Acreditar com o Concílio'

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Leopoldina Ferreira Paulo



“Na Universidade do Porto vai doutorar-se em Ciências uma senhora, facto inédito da vida académica da nossa terra” (in Jornal de Notícias, 21 de Novembro de 1944).

Apesar de presença das mulheres no ensino da U.Porto remontar à criação da Universidade e até às suas antecessoras - Rita Morais Sarmento “abriu as hostilidades” ao formar-se, em 1894, na Academia Politécnica – esta realidade só começou a ganhar dimensão a partir de finais da primeira metade do século XX. Reflexo disso é o facto de ser preciso avançar algumas décadas para localizar o primeiro doutoramento de uma mulher na U.Porto, no caso, Leopoldina Ferreira Paulo.

Estávamos então em Novembro de 1944 quando a primeira doutora da Universidade do Porto apresentou as suas provas de doutoramento em Ciências Biológicas, na Faculdade de Ciências. A tese incidia sobre “Alguns caracteres morfológicos da mão nos portugueses”.

Por ser o primeiro, o doutoramento de Leopoldina Ferreira Paulo teve grande projecção na imprensa. Par além do Jornal de Notícias (em cima), também O Comércio do Porto não deixou a efeméride passar em claro, noticiando na sua edição de dia 23 de Novembro: “Pela primeira vez na história da Universidade do Porto uma senhora está a prestar provas de doutoramento na Faculdade de Ciências”.


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Não perca esta oportunidade de ajudar o Próximo!



http://www.chsul.pt
Centro de Histocompatibilidade do Sul
Hospital Pulido Valente
Alameda das Linhas de Torres, nº 117
1769 – 001 Lisboa, Portugal

CEDACE
Tel. 00351 21 750 41 75
Fax. 00351 21 750 41 01
Email: cedace@chsul.pt

Horário de Funcionamento do Centro
Segunda a Sexta-Feira
Entre as 8.00 e as 16.00 horas

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Voltaire (21 Novembro 1694-1778)

"Não estou de acordo com aquilo que dizeis, mas lutarei até ao fim para que vos seja possível dizê-lo."

Voltaire, pseud. de François-Marie Arouet, exprime na maioria dos seus textos a preocupação da defesa da liberdade, sobretudo do pensar, criticando a censura e a escolástica.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Dia Nacional do Mar


Para quem estiver no Algarve:

16 Novembro 2012
Comemoração do Dia Nacional do Mar

Ciclo de Palestras dedicadas ao Mar | 16h00-18h00

16:00 Ciência no Gelo: A Antártida e os portugueses
Professor Doutor Adelino Canário
(presidente da Direção do CCMAR)

16:30 Mapas da biodiversidade marinha do Algarve
Doutor Jorge Gonçalves
(Investigador do CCMAR)

17:00 Os tubarões do Oceano Atlântico, por onde nadam, que habitats procuram? Porque é que estes predadores são espécies vulneráveis?
Doutor Rui Coelho
(Investigador do CCMAR)

Local - Museu Municipal de Faro

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

CONSELHO PRÁTICO



Não ande de carro: os automóveis são a causa de 20% dos acidentes mortais...




Não fique em casa: 17% dos acidentes são domésticos...






Não viaje nem de comboio, nem de avião: são a causa de 16% dos acidentes...





Não atravesse a rua: 16% dos acidentes acontecem aos peões...




  
Só 0.001% dos acidentes acontecem em igrejas.

  
Por isso, não hesite em vir à missa !

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

"Levar a Deus todas as almas"




O balanço é impressionante. Quando em 2004 chegou à paróquia de S. Vicente de Paulo no centro de Marselha a igreja estava fechada  durante a semana e a única missa dominical  era celebrada na cripta para apenas 50 pessoas.
 A primeira coisa que fez foi abrir a igreja  todos os dias e celebrar no altar-mor. Agora a igreja está aberta quase todo o dia e  é preciso ir buscar cadeiras para receber todos os fiéis.
  Mais de 700 todos os domingos, e mais ainda  nas grandes festas. Converteu-se num fenómeno de massas não só em Marselha mas em toda a França, com reportagens nos meios de comunicação de todo o país, atraídos pela quantidade de conversões.
Um novo 'cura de Ars' numa Marselha agnóstica
Uma das iniciativas principais do padre Zanotti Sorkine  para revitalizar a fé da paróquia e conseguir a afluência de pessoas de todas as idades e condições sociais é a confissão,
 Antes da abertura do templo às 8h00 da manhã já há gente à espera à porta para poder receber este sacramento ou para pedir conselho a este sacerdote francês.
 Os fregueses contam que o padre Michel Marie está boa parte do dia no confessionário, muitas vezes até depois das onze da noite.
 E se não está lá, anda pelos corredores ou na sacristia consciente da necessidade de que os padres estejam sempre visíveis e próximos, para ir em ajuda de todo aquele que precisa.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Obras de Arte escondidas por Lisboa



O Largo do Chiado, aqui tão perto de nós, com uma obra de arte magnífica que nos pode passar despercebida!
A Calçada Portuguesa em todo o seu esplendor!

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

As Bem-aventuranças



Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sereis quando vos insultarem, vos perseguirem e, mentindo, disserem toda a espécie de calúnias contra vós.
Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus.
(Mt 5, 3-12)