Este é o Tempo

Este é o Tempo

ESTE É O TEMPO PARA ESPERAR CONTRA TODA A ESPERANÇA, PARA TRABALHAR PELA JUSTIÇA E PELA PAZ, PARA AMAR AS PESSOAS, PARA AMÁ-LAS UMA A UMA

terça-feira, 16 de abril de 2013

Podemos rezar!!

ORAÇÃO DA PAZ - 
Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.




O cardeal Cardinal Seán O'Malley, arcebispo de Boston, condenou a “violência sem sentido” que esta segunda-feira atingiu a cidade norte-americana e rezou pelas vítimas de duas explosões, que causaram três mortos e mais de 140 feridos.
“A Arquidiocese une-se a todas as pessoas de boa vontade e expressa profunda mágoa por causa dos atos de violência sem sentido perpetrados na Maratona de Boston”, refere o arcebispo local, numa nota divulgada através da internet.
D. Seán O'Malley recorda os que “experimentaram o trauma destes atos, em particular os entes queridos daqueles cujas vidas se perderam e dos que ficaram feridos, para além dos próprios feridos”.
O presidente da Conferência Episcopal dos EUA, cardeal Timothy Dolan, também reagiu ao “trágico final” da Maratona de Boston, recordando que “o mal existe e que a vida é frágil”.
O arcebispo de Nova Iorque convida à oração pelos que morreram e os que ficaram feridos, bem como pelo “regresso da paz”, antes de deixar uma palavra de apreço pela ação dos que ajudaram nas operações de socorro.



16 abr 2013 (Ecclesia) 
http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=95184